sábado, abril 02, 2005

extravasamentos

Extravasar é preciso. O que faz falta é animar a mente descrente que a si própria mente, desvendar o emaranhado intrincado de uma densidade complexa que se anexa a uma rápida modificação na percepção do mundo que nos rodeia, desembrulhar a sós os nós que a nós nos frustram, quebrar a corrente da pesada carga carregada pelos carreiros das montanhas do tempo.

1 Comments:

Blogger Judia said...

Extravazemos. Continua a escrever que continuarei a ler :)

6/4/05 3:20 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home