sábado, julho 02, 2005

conturbação

Passados anos e anos de acumulação de pó, uso e desuso de caneta incógnita em papel escondido sobrevivido às vorazes traças baratas e peixinhos de prata, eis expostas as notáveis peripécias de um jovem conturbado que do fundo de um poço solta eco entoado de contidas maceradas jorradas cambaleando enjôo de ciclicidade: é a épica verdade de transtornada batalha travada à mão de navalha contra ladrão de si próprio. Quem irá ganhar? Poder-se-à apenas perder? Ou será a mera batalha por si, já é em si, a grande vitória.

3 Comments:

Blogger wind said...

É a vitória:)

3/7/05 1:00 da tarde  
Blogger Patrícia Carreiros said...

que bom ler as tuas palavras...já tinha saudades!!
beijos
(não te esqueças do jantar dia 9)
;-)

4/7/05 11:00 da tarde  
Blogger polegar said...

dizem que a batalha em si já é vitória. não posso deixar de concordar, apesar do travo amargo que fica quando somos assolados pela frustração de ter feito tudo e não ter obtido resultados da luta...

14/7/05 11:33 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home