sexta-feira, novembro 25, 2005

parto

O amor, a cola que nos une, união esboroada em solidão por quem não a escolheu nem assim nasceu, antes na vivência se imiscui na criança que persiste e nunca desiste pois não há maior força que aquela parida da mais vulnerável fragilidade.

13 Comments:

Blogger agua_quente said...

Gosto da tua escrita. Para quem lê, os sentidos podem ser múltiplos.
É bem verdade que a fragilidade gera a força, muitas vezes!
Beijos

25/11/05 11:13 da tarde  
Blogger wind said...

Gostei muito deste pequeno texto que diz muito. É no parto que a criança tem o seu 1º choque, mas depois vive:) beijos

27/11/05 6:01 da tarde  
Blogger serpa said...

agua Quente: obrigado! Mas e verdade que muitos textos têm uma bela dose de subjectividade, que pode dar uma bela dor de cabeça ao leitor, ou por outro lado abrir espaço a outras interpretaçoes possiveis, desde que leve a pensar já é bom! Certas frases simplesmene só eu sei o significado porque são de mim. :)


Wind: Bem apanhado! o Parto já é um choque, um estalo do estilo " acorda para a vida" .Ninguém nasce sozinho, mas a criança pode ser solitária, o que lhe confere mais tarde uma enorme fragilidade em termos de relacionamento social. Por outro lado tem de se defender, de lutar. Dessa luta características podem ser desenvolvidas, como uma motivação infinita para a autocompreensão :)

28/11/05 5:27 da tarde  
Blogger Imploding Mutant Hysteria said...

Amigo, tenho estado ausente...mas não esquecido. Simplesmente o trabalho absorve a quase totalidade do meu tempo. Mas sempre que posso dou aqui um saltinho ;)
Abraço

30/11/05 12:46 da tarde  
Blogger gato_escaldado said...

um parto bem conseguido. sem cesariana. gostei. abraços

2/12/05 3:52 da tarde  
Blogger Raquel V. said...

"e nunca desiste" Começa aí a esperança ;)

8/12/05 3:18 da tarde  
Blogger gato_escaldado said...

gostei mto. uma escrita nada "fácil". abraços

12/12/05 3:23 da tarde  
Blogger Patrícia Carreiros said...

e essa maior força será um dia também ela vulnerabilidade...e assim se copleta mais um círculo e assim se avança na espiral do tempo!

15/12/05 6:21 da tarde  
Blogger agua_quente said...

Vamos fazer uma interrupção até Janeiro. Boas Festas e uma boa entrada em 2006!
Beijos

16/12/05 11:22 da tarde  
Blogger O Meu Outro Eu Está a Dançar said...

...e se nos disséssemos isto tooodos os dias? ainda bem que voltaste ao mundo virtual..."Sande"! prometemos não desmascarar mais a tua identidade!

6/1/06 4:48 da tarde  
Blogger Manel said...

Não sabia que não se podia falar do autor do blog. Fica aqui um abraço de boa sorte para o teu irmão e para um parto muito feliz. Quanto a ti espero que continues à procura de mais momentos delirantes e de racionalidades aplicadas à ciência "dura".

14/1/06 4:33 da tarde  
Blogger amita said...

Desististe? Espero que não! Embora possa ser uma Força, uma irradiação de Vida, uma esperança.
Um bjo e uma flor

13/2/06 12:08 da manhã  
Blogger Judia said...

Foste recrutado para participar num pequeno jogo... isto quando voltares à actividade blogueiana claro :P para mais informações visite o nosso site :D

http://judiblog.blogspot.com/

3/3/06 12:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home