terça-feira, maio 06, 2008

sonho

toc toc. -Quem é? -Sou eu. -Eu quem? -Eu sou tu. Acorda. -Vá lá, deixa-me dormir. -Nao, acorda que ja se faz tarde. A vida é um sonho e tens de acordar para o viver. - Mas o sonho ja eu o vivo aqui debaixo dos lençóis. Levantar para enfrentar este pesadelo é que não. Já disse, deixa-me em paz neste torpor anestesiante abraçado à minha almofada-nuvem. -Como queiras, depois nao digas que nao te avisei. Adeus. -Espera, vais já embora? -Sim tenho mais que fazer neste sonho de vida. Vou voar daqui para fora. -Mas e eu? Não me obrigas a levantar e a viver como um verdadeiro homem feito, completo e bem estruturado? -Não. A vida é um mistério, toda a gente tem de se erguer e lutar sozinha, depois partilhas com os outros aquilo que lutaste. Já dei o meu contributo, o resto é contigo. -Vou fazer a cama e deitar-me no sofá. E ai vou sonhar com o sonho da vida indefinidamente adiado.

3 Comments:

Blogger O Meu Outro Eu Está a Dançar said...

está TÃO bonito, Pixiruxi! a sério. além de ficar muito contente por teres voltado ao teu espaço extrapolatório (que palavra tão escanifobética), adoro ler os teus textos. Cada vez mais criativos (e este mais descontraído, mas não menos ilustrado e enriquecido de sentidos e ideias).
Eu também gostava que o meu outro eu fosse mais insistente comigo, que andasse atrás de mim, com um apito, para eu não descarrilar... :) O problema é que eu acho que funciona ao contrário... nós é que temos de ser insistentes com o nosso outro eu, e lutarmos pelo que queremos que esse outro eu seja um dia.
acho que é a minha maior luta hoje em dia, mas ninguém disse que era fácil.

6/5/08 4:52 da tarde  
Blogger CHIQUITA BANANA said...

:)

12/5/08 1:24 da tarde  
Blogger Judia said...

Pixi, já não era sem tempo! Mas agora não pares, continua a escrever, acho que sabes bem o quanto é bom extrapolar =)

e também sabes o que fazer para viver a vida e não o sonho dela... eu sei que custa mas vá lá, acorda.

=D

21/5/08 10:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home