quinta-feira, outubro 27, 2005

o pastor

Procuro despir-me do que aprendi,
Procuro esquecer o modo de lembrar que me ensinaram,
E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos,
Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras,
Desembrulhar -se e ser eu, não Alberto Caeiro,
Mas um animal humano que a natureza produziu.

Fernando Pessoa, em " O guardador de rebanhos"

6 Comments:

Blogger BlueShell said...

Adorei a escolha. Jinhos, BShell

27/10/05 7:46 da tarde  
Blogger polegar said...

simplesmente ser

28/10/05 4:59 da tarde  
Blogger agua_quente said...

Ir buscar à natureza as "emoções verdadeiras". Esse é Alberto Caeiro.
Beijos

29/10/05 9:56 da tarde  
Blogger amita said...

A simplicidade bipolar de Fernando Pessoa... Um bjo e um doce sorriso

4/11/05 12:07 da manhã  
Blogger gato_escaldado said...

emoções verdadeiras. à flor da pele. sem caixotes. nem cabides. beijos

17/11/05 4:10 da tarde  
Blogger Raquel V. said...

Excelente... uma boa escolha.

BJ

14/12/05 2:26 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home